CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

O QUE É SUSTENTABILIDADE
EFEITO ESTUFA, AQUECIMENTO GLOBAL, DERRETIMENTO DAS GELEIRAS
NÃO É A TERRA QUE SE PRECISA SALVAR, É VOCÊ!
O TEMPO URGE E É NECESSÁRIO TER VONTADE
O QUE FIZEMOS COM OS MARES, O SOLO E O AR
O COLAPSO HÍDRICO E O DESAFIO DA ÁGUA NO FUTURO
O DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS
A DESIGUALDADE SOCIAL QUE AFRONTA O MUNDO SUSTENTÁVEL
O CONSUMISMO QUE ESGOTA AS RESERVAS NATURAIS
O LIXO COMO PROBLEMA E AO MESMO TEMPO SOLUÇÃO
AINDA PODEMOS FAZER UM MUNDO SUSTENTÁVEL
O GAROTO HOLANDÊS QUE DESCOBRIU COMO DESPOLUIR OS MARES
O GAROTO BRASILEIRO QUE REVOLUCIONA O USO DA ÁGUA DA CHUVA
OS JARDINS VERTICAIS EM PLENA SELVA DE PEDRA
QUE PEGADA VOCÊ VAI DEIXAR PARA O MUNDO?

NAS ATIVIDADES, ESCREVA O SEU CAPÍTULO

Não é a Terra que se precisa salvar, é você!; os mares, o solo e o ar; colapso hídrico; desperdício de alimentos; desigualdade social; consumismo insustentável; o lixo como problema e solução; os exemplos de jovens que estão mudando o mundo, inclusive no Brasil; que pegada você vai deixar para o mundo?; construa seu capítulo!

Que pegada você vai deixar?

Fala-se muito em sustentabilidade. Algumas vezes, por puro marketing; outras, sem sequer saber o que significa a palavra. Apesar disso, ou entendemos e praticamos a sustentabilidade, ou não sobreviveremos por muitas gerações na Terra. Isso porque a ação humana vem acelerando o processo de aquecimento global e destruição de ecossistemas essenciais para nossa sobrevivência.

Ainda na década de 1970 já se falava na necessidade de repensar a relação dos humanos com os bens naturais. Mas foi nos anos 1980 que a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu em relatório o que significa sustentabilidade: “o desenvolvimento que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades.”

É muito comum ouvirmos que precisamos tomar atitudes para salvar o planeta e há um equívoco nisso. Não é necessariamente o planeta que precisar ser salvo e sim as vidas que o habitam, porque o planeta continua, como continuou após o meteoro que teria extinto os dinossauros e tantas outras formas de vida, tendo, milhares de anos após, outras vidas surgindo.

A sustentabilidade de que precisamos começa em cada ser humano, dentro de si, nos valores desenvolvidos sobre sua existência e sua relação com o meio. E se estende em todos os atos, até nos mais simples. Uma calça jeans, por exemplo, precisa de 16 mil litros de água para ser feita; para um quilo de carne bovina são 15 mil litros; e se todos quiséssemos viver como um norte-americano, precisaríamos de 4,5 planetas Terra. Ou seja, todos os nossos hábitos podem ter ou não relação com uma realidade sustentável. E há pessoas que nos inspiram nesse sentido!

O livro “Sustentabilidade”, que compõe a Trilogia Contemporânea, traz conceitos, contextos e bons exemplos, como de um garoto holandês de 18 anos que desenvolveu uma forma de limpar oceanos e um brasileiro de 16 que filtra e bebe a água da chuva. É uma obra para leitura pessoal, para salas de aula ou ambientes corporativos, que visa despertar em todos uma pegada, de fato, sustentável.