Contato

+55 11 5071.0454

opee@opee.com.br

Endereço

Rua das Rosas, 172 - Mirandópolis, São Paulo/SP

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
DEMOCRACIA, O LEGADO GREGO
DEMOCRACIA DIRETA E REPRESENTATIVA
OS LIMITES DA MAIORIA: DIREITO INDIVIDUAL E MINORIAS
O PODER NAS ERAS MEDIEVAL, MODERNA E CONTEMPORÂNEA
A REVOLUÇÃO FRANCESA E SEU LEGADO
A ESCRAVIDÃO NAS AMÉRICAS E SEUS REFLEXOS
“DESCOBERTA” DO BRASIL E ACULTURAÇÃO
A COLÔNIA E AS MAZELAS QUE ECOAM NAS RELAÇÕES SOCIAIS
INDEPENDÊNCIA POLÍTICA E DEPENDÊNCIA ECONÔMICA
REPÚBLICA, ERA VARGAS E SOLAVANCOS DITATORIAIS
MODERNISMO, A ARTE PELA LIBERDADE
DITADURA CIVIL-MILITAR, NOSSA PÁGINA INFELIZ
A INTERNET E OS CAMINHOS DA LIBERDADE DIGITAL
LIBERDADE E RESPONSABILIDADE DE EXPRESSÃO
DEMOCRACIA PARTICIPATIVA E INTERATIVA
INCLUÍDAS: 16 ATIVIDADES DISSERTATIVAS

Democracia; maiorias e minorias; Revolução Francesa e seu legado; escravidão e seus reflexos; “descoberta” do Brasil e aculturação dos índios; o período colonial e as mazelas que permanecem; independência política e dependência econômica; República e solavancos ditatoriais; o Modernismo como liberdade da arte; a ditadura civil-militar; liberdade de expressão e intolerâncias cibernéticas; democracia participativa e interativa.

Uma conquista constante

A liberdade não é um pacote pronto que ganhamos ao nascer. Ela é uma conquista. Uma conquista histórica e diária, que precisa ser cultivada pois, do contrário, podemos perdê-la.

Platão, há mais de dois mil anos, criou uma alegoria perfeita para definir nossa relação com a liberdade. Para ele, vivemos como se estivéssemos em uma caverna, vendo as sombras da realidade projetadas na parede. Essas sombras não são a verdade toda, mas uma projeção, que pode ser distorcida ou parcial. Nosso grande desafio, para o pensador grego, é sair da caverna em direção à realidade. Ou seja, para sermos livres precisamos tomar iniciativa e adquirir conhecimento.

A alegoria da caverna de Platão é extremamente atual. Vivemos um tempo que inaugura enorme liberdade digital para postarmos nossos pensamentos sobre tudo, mas isso escancara o quanto ainda se enxergam sombras ao invés da realidade. Intolerância, ódios, preconceitos, dados falsos, invenções bizarras e fanatismos surreais se multiplicam na rede, compartilhados pelos muitos que ainda não aprenderam a sair da caverna.

O livro Liberdade, da Trilogia Contemporânea, é uma pequena nau a navegar por episódios da história, alinhando contextos passados aos dias atuais, buscando relações entre nosso passado, presente e desafios futuros. Sua rota é um convite ao conhecimento, à reflexão e a ações concretas em ambientes educacionais, profissionais e pessoais.